Fórum para discussão de todo o universo Geek: Seriados, filmes, quadrinhos, livros, games e muito mais.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Universo Geek » Filmes » 

Clube do Filme - Stuart: A Life Backwards

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Clube do Filme - Stuart: A Life Backwards em Seg Jul 31 2017, 20:00

Prime

O escritor Alexander Masters (Benedict Cumberbatch) é amigo de Stuart (Tom Hardy), um sem-teto alcoólatra com um passado violento. Stuart contará sua terrível história de trás para frente, com uma visão quase tragicômica, para que Alexander possa escrever sobre ela.

Direção: David Attwood


Filmow

Ver perfil do usuário

Jesus Monroe

Spoiler:
Belíssima atuação do jovem Hardy, tanto nos momentos mais cômicos e leves do longa, quanto nos arcos mais dramáticos. Interessante notar que ele tem todas as falas e cenas mais impactantes, deixando o personagem de Cumberbatch apenas como um mero expectador em meio ao show promovido pela atuação de Hardy. Embora não tenha achado o filme muito emocionante, é muito inteligente a forma como os muitos problemas de Stuart são apresentados, sempre de forma bem clara, mas bem sútil também. Outro ponto positivo é que o filme se limita apenas à mostrar os fatos que aconteceram na vida do protagonista, sem se preocupar em justificar determinada ação.



Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/J.WalkingDead

Chris

Spoiler:
Assim como o Jesus, devo iniciar apontando a atuação do Tom Hardy que é algo que eu nunca esperaria ver dele nesse nível, muito boa. Claro que o Benedito está bem, como sempre, mas o show é do Tom Durinho.

Outra coisa que quero destacar é o tom do filme, imaginei que seria algo pesado e emocional, mas o tom é leve e fluído, fazendo com que o filme passe e você nem perceba que chegou no final. Gostei.

Também achei que ficou melhor já anunciar a morte do Stuart desde o começo, fugiu do clichê da "morte que todos esperávamos" porque a gente realmente sabia que iria acontecer. :grin:

4/5



Ver perfil do usuário

Gulielmus

Spoiler:
Bom filme, bicho.

Esse tipo de personagem destruído e escroto me atrai bastante, então não bastou muito para o filme prender o meu interesse, isso, além do Tom Hardy que é um ator que eu acho foda. Ele tá bem demais nessa papel, cara parece ter talento em interpretar sujeitos destruídos. E ainda bem que eu vi legendado, porque não ia conseguir entender quase nada que ele falava.

Gostei bastante da forma que a história é contada, criando e desenvolvendo essa identificação e compreensão com a vida do Stuart aos poucos, e dando uma boa emocionada no final quando tudo se encaixa. Não que crie justificativas, mas é impossível não se relacionar e se compadecer com os traumas e com a vida toda desse cara.

Achei o ritmo do filme um pouco esquisito, com umas transições meio abrutas que me deixaram um pouquinho perdido algumas vezes. Apesar disso ele não se torna arrastado em nenhum momento, me prendeu e passou bem rápido.

3.5/5 no filmow.



 

Ver perfil do usuário

KepTous

Spoiler:
Nheeee...
O filme não é digno de um Oscar, mas o roteiro foi bem escrito e bem desenvolvido.

A atuação de Tom Hardy foi o fato que mais me chamou atenção. Tom é um ótimo ator.

O filme consegue ser cômico e tocante aos mesmo tempo, e consegue comover até a pessoa que está assistindo. As partes cômicas e dramáticas foram bem pensadas e usadas na hora certa.

As cenas dramáticas são boas e eu consegui estabelecer minha atenção no filme. Não esperava que o filme teria um bom equilíbrio.

E eu também esperava que o filme fosse maravilhoso, pois vi muita gente elogiando. Ao meu ponto de vista, não é tudo isso

Eu mudaria várias coisas no filme para ele ficar perfeito. Não estou dizendo que o filme é horrível. Mas também não é o melhor do mundo.

Eu gostei do filme. Bom.





Now the world don't moooove
To the beat of just one drum

Ver perfil do usuário

Odassacarf

Spoiler:
As pessoas são o que são por um motivo. Belo filme, a dupla principal realmente conseguiu criar um vínculo crível.

Hardy só deixou a desejar em um aspecto. 4/5



Ver perfil do usuário

Babi

Spoiler:
Achei bem interessante o filme.

Principalmente pela forma em que a historia é abordada eu acho que foge do padrão, não só por contar ao contrario, mas por dar um tom que não se resume a desgraça que nem a vida do cara. Além disso, não tem nem como não elogiar a atuação do Tom Hardy, porque não deve ser nada fácil interpretar um cara bipolar, louco, com bug na perna e bizarro de forma geral.

Enfim, alem do básico que era aquilo, achei bem maneiro os desenhos tomando vida durante o filme, que apesar de tornar a parada meio bizarra em alguns momentos, aliviava a tensão que uma suposta cena daquilo traria. Também achei bem maneiras as musicas do inicio.



Ver perfil do usuário

Josh

Spoiler:

Bom filme. O personagem Stuart é bastante carismático e interessante. O filme conseguiu fazer com que o telespectador se interessasse de verdade pela história do rapaz, e não me decepcionei com o que foi mostrado. Apesar da importância do Alexander, o destaque realmente fica quase que totalmente para o Stuart. Não sabemos muito sobre a vida do Alexander, e nem precisamos. Somente a história trágica do Stuart já enriqueceu bastante o conteúdo do filme.

A morte do Stuart já foi premeditada desde o início, mas teve seu peso, mesmo que mínimo. Era de se torcer que depois de tudo que o Alexander fez pelo Stuart ele começasse a viver bem e finalmente feliz, mas o filme foi realista. A parte final com a fita foi o que faltou para a história terminar de forma completa.




 
Spoiler:

Ver perfil do usuário http://forumgeek.forumeiros.com

Dwight

Spoiler:
O filme tem sucesso em se fazer original, principalmente em sua forma de contar a história. Me amarro nessas transições e cenas em animação. O big guy for you tá realmente muito bem, e o clima de produção para TV (o que bem possivelmente é) me agrada bastante.

Ainda bem que não tentaram passar uma grande lição de moral, o filme passa sua mensagem com simplicidade, sem tentar tomar muitos lados. O grande trunfo, porém, é em conseguir algo difícil: estabelecer uma amizade entre um escritor de classe média e um sem-teto alcólatra não é fácil de se fazer plausível, mas foi executada com maestria. Ao final do filme, você não sente pela morte do Stuart, que era anunciada, mas sim pelo fim daquela amizade entre os dois.




Ver perfil do usuário http://filmow.com/usuario/lamb

Conteúdo patrocinado



Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum