Fórum para discussão de todo o universo Geek: Seriados, filmes, quadrinhos, livros, games e muito mais.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Geral » Museu dos usuários » Fanfics e histórias » 

[Inscrições] Earth Kills

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 [Inscrições] Earth Kills em Seg Set 05 2016, 00:33

Luckwearer



Saudações, patriotas.

Resumindo, eu to afim de escrever uma história nova e o jeito mais fácil(e legal)que encontrei é com uma fic interativa. Vai ser baseada no universo da série The 100, que muitos aqui não viram, então tudo que vão precisar saber sobre ela explicarei embaixo, pois farei muitas mudanças, apesar da base continuar praticamente a mesma. Os temas dela são variados, mas ela é uma mistura de ficção científica(algo que ficará um pouco de fora, pois sou leigo), pitadas medievais e apocalipse.




A história se passa 97 anos após uma guerra nuclear devastadora que dizimou quase toda a vida na Terra. Os sobreviventes conhecidos são os moradores de doze estações espaciais em órbita da Terra, que já viviam nesta antes do fim da guerra. As estações espaciais se uniram para formar uma única estação, chamada "Arca", onde cerca de 1,400 pessoas vivem sob a liderança do Chanceler Bryan. Os recursos são escassos e todos os crimes, não importando sua natureza ou gravidade, são puníveis com a morte por ejeção ao vácuo, a menos que o autor do crime seja menor de 21 anos.

Desse ponto totalmente retirado da série que minha história começa. Ocorrerão problemas na Arca e ela acabará indo em direção a Terra, algumas poucas divisões sobreviverão, estas distantes das outras, e uma delas será a divisão com as celas dos adolescentes.




Muito antes de existir uma "Arca", haviam 13 estações, cada uma feita por um país diferente. A décima terceira foi completamente desintegrada por uma explosão, não descoberta a origem até os dias atuais. Sua destruição causou medo as populações e pelo óbvio destino nada positivo que teriam se continuassem separados, as doze estações restantes juntaram-se formando a Arca. As conexões eram formados por satélites fora de órbita da Terra, uma construção modesta, e modéstia resumia muito bem a estação. Não era como nos filmes famosos, um colírio para os olhos humanos, pelo contrário, diariamente tinha problemas e sempre que andava-se num corredor, via-se fios e canos soltos, junto à trabalhadores com peças para consertá-los. Era um lugar poucos passos da miséria e tudo isso ficara mais notável com o tempo. Principalmente nos últimos meses.

Nos dois primeiros meses, o conselho da Arca conseguira esconder o grave problema da falta de oxigênio para todas as 2,400 pessoas que habitavam o lugar, mas não demorou muito para que vazasse e se espalhasse como uma doença. A recepção esperada pelos conselheiros era de uma revolta e confusão tremenda, mas filas e filas de pessoas voluntariaram-se para sacrificar-se por amigos e familiares. Quinhentas pessoas tiveram o ar de seus pulmões retirado e depois jogados para fora da estação, dando mais tempo de vida aos outros. O problema fora que nas primeiras semanas, o grandioso sacrifício parecia ter valido muito a pena, mas no mês seguinte os problemas voltaram a dar sinais e todo inferno voltou. Pela segunda vez, outras quinhentas pessoas foram para um setor sentar-se ou deitar-se, esperando o ar ser drenado aos poucos. Mas novamente não fora suficiente.

Estavam sem uma saída.

Agora, entrando numa área mais explicativa sobre como é viver nesse lugar. Infelizmente, não há vegetação alguma que não seja uma árvore única e grande localizada na grande praça de alimentação, num canteiro minúsculo, tirando isso só é encontrada em plantações para alimentos e medicação. O que é ensinado são as mesmas coisas que no nosso mundo, mas bem curto e dinâmico, pois quanto mais trabalhadores dos mais variados tipos, mais chances da vida prosseguir com mais facilidade. Existem sessões de filmes salvos da guerra, de décadas antigas às recentes quando ainda faziam, exibidas toda semana para entreter o povo.

Com o tempo e a junção das estações, os povos começaram a integrar-se aos outros e manter-se numa língua primária, formando um só povo espalhado por elas. As estações principais são: Estação Médica, onde os feridos e doentes são cuidados; Estação Rural, onde as plantações são cultivadas; Estação Alfa, onde muitos moradores moram, também onde é localizado muitas coisas como a praça de alimentação. Há mais estações como a de fabricação e mais algumas de moradores.

As leis são rígidas, como citado lá em cima. O conselho aproveita-se de todo crime, independente do que seja, pra livrar-se de mais um gastando o oxigênio em falta, além de colocar um medo que diminui as chances desses crimes acontecerem. Além disso, é proibido que uma mãe tenha mais de um filho, caso tenha terá de ser enviada ao vácuo no lugar da criança. Muitas mulheres tentam esconder suas crias, mas a grande e praticamente todas são pegas em algum momento.

O Conselho é formado de líderes de várias dessas estações e muitas pessoas os odeiam pelas decisões tomadas.




Sejam muito detalhistas, pois não consultarei vocês toda hora pra criar decisões pros seus personagens, então preciso conhecê-los bem.

Nome completo:
Ocupação:
Idade(o mínimo é 17 e o máximo é 20):
Crime:
Coisas que sabe fazer bem/Pontos fortes:
Coisas que não sabe fazer/Pontos fracos:
Aparência:
História de vida:
Personalidade:
Objetivo ou sonho de vida:

Perguntas gerais:
Seu personagem é bom, mal ou neutro?
Seu personagem é do tipo que lidera, que segue ordens, que é independente ou caótico?
Qual a posição do seu personagem em relação ao Conselho?
Seu personagem possui algum segredo?
Seu personagem tem família? Pai, mãe, irmãos, filhos?
Seu personagem tem algum interesse ou relação amorosa?
Seu personagem tem algum trauma ou fobia?
Qual o passatempo favorito do seu personagem?
O que seu personagem odeia?
O que seu personagem ama?
Seu personagem tem algum objeto de valor sentimental?
Como é a cultura do seu personagem? Gosta de literatura, teatro, música, etc?

Perguntas pessoais:
Você se sacrificaria por alguém?
Matar ou encontrar uma outra maneira de lidar com o problema?
Como seu personagem lidaria com a morte de alguém querido?
E como ele lidaria ao matar uma pessoa?
Como seu personagem lida ao sentir-se culpado de algo?
Enfrentar ou correr?
Seu bem estar ou o dos outros?
Caso não tenha, quer um par romântico, seja no inicio ou no futuro?
Qual o tipo de pessoa que seu personagem gosta e odeia?
Seu personagem sabe manusear armas de fogo?
Alguma fraqueza emocional? tipo martha

Pontos de habilidade:

Vocês tem 16 pontos para distribuir.

Habilidade com arremessos:
Habilidade com saltos:
Habilidade em escalar:
Habilidade em furtividade:
Habilidade em caçar:
Habilidade em pescar:
Habilidade em camuflagem:
Habilidade em rastreio:
Habilidade em medicina:
Habilidade com chutes:
Habilidade com socos:

0 - Não é muito bom, vai ter que ir na sorte.

1 - Sabe o suficiente pra ter chances de se dar bem.

2 - Bom.

3 - Muito bom.

4 - Excelente.




- Já adianto logo que vai rolar bastante coisa, vou mover os personagens de vocês nessas coisas de acordo com o que eu entendi da ficha e talvez vocês não gostem de tudo que eu faça, o que é normal, mas não fiquem enchendo meu saco.

- Não vou estabelecer uma agenda pra postagem de capítulos, muito menos o tamanho deles.

- Alguns membros como o Guliel que definitivamente não vão conseguir se encaixar no que apresentei até agora, conforme a história avance e o mundo cresça, pode achar novas oportunidades de ser inserido.

- Me mande uma MP com a ficha.

- Qualquer pergunta, to aqui pra isso.





Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum